- PUBLICIDADE -

Lira aprova mudanças no regimento interno da Câmara

Foto: Sérgio Lima/Poder360
- PUBLICIDADE -

O projeto foi aprovado por 337 votos a 110.

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), projeto de resolução que altera o regimento interno da Casa e muda regras de votação.

O projeto foi aprovado por 337 votos a 110.

A proposta reduz o espaço de requerimentos protelatórios, que são muito utilizados pela oposição como estratégia de obstrução a matérias em que não há consenso.

O relator do projeto, o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), garantiu que o direito da minoria continuará preservado:

“A orientação de Vossa Excelência, desde o início, era a de que o texto pudesse expressar o sentimento desta Casa de diminuir os mecanismos de obstrução meramente protelatória, mas, ao mesmo tempo, ampliar as possibilidades de discussão de mérito da matéria, valorizando o debate político de conteúdo, feito parte a parte, e valorizando o legítimo direito da oposição de manifestar, de forma plena, as suas posições e as suas contradições em relação a matérias com as quais ela se caracteriza como minoria.”

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), defendeu o projeto de resolução:

“A modernização do regimento interno vai qualificar o debate e aumentar – em vez de diminuir – o tempo de discussão das matérias. Mas simultaneamente irá impedir a banalização da obstrução, um legítimo direito das minorias.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -