PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Lira critica tentativa de invasão da Câmara por indígenas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“A gente tem que ficar de olho”, diz Arthur Lira.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), criticou, nesta terça-feira (22), a tentativa de invasão do prédio por manifestantes indígenas.

A ação dos indígenas foi reprimida com bombas de gás pela polícia da Câmara.

Lira disse não ser coerente tentativas de invasão ao Congresso Nacional:

“Eu não acho que seja coerente por parte de qualquer parlamentar ou de qualquer cidadão impedir trabalhos e pautas legislativas dessa casa. Sejam elas nas comissões, como é o caso do PL 490 que está longe de vir a plenário ou de qualquer assunto de qualquer comissão.”

O deputado acrescentou que a Casa precisa ter coragem para debater exploração de terras:

“Essa Casa precisa ter coragem e debater sobre o tema de exploração da terra indígena. Não é possível que vamos ficar de olhos fechados quanto a isso.”

Lira completou:

“Na terra da deputada Joênia, o governador me relatava que entre 100 e 200 quilos de ouro saem ilegais dos garimpos de terra indígena por dia. A gente tem que ficar de olho. Isso vai continuar acontecendo, se nós não legislarmos, se não cuidarmos.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.