Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Livro de 1981 previu a epidemia de coronavírus em Wuhan

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Livro de 1981 previu a epidemia de coronavírus em Wuhan
Imagem: Reprodução/AFP
COMPARTILHE

As coincidências entre a realidade e a obra “The eyes of darkness”, de Dean Koontz, têm causado espanto em internautas.

Um livro lançado em 1981 pelo escritor norte-americano Dean Koontz voltou a ganhar destaque nas redes sociais nos últimos dias.

Intitulado “The Eyes of Darkness” (“Os Olhos da Escuridão”, em tradução livre), a obra apresenta muitas coincidências com a epidemia do coronavírus que já matou mais de 2 mil pessoas, a grande maioria na China.

O livro de Koontz, um romancista especializado em obras de suspense e terror, cita uma arma biológica que se chama “Wuhan-400“, um micro-organismo desenvolvido em um laboratório perto da cidade de Wuhan, justamente a cidade que está no epicentro da epidemia real de coronavírus.

Outra coincidência, para deixar tudo ainda mais espantoso, é o nome do cientista que, no livro, parte para os Estados Unidos com o vírus: Li Chen.

Li Chen é também o nome de um cientista chinês verdadeiro que já publicou estudos sobre a classe de coronavírus.

Segundo o jornal Correio Braziliense, o livro “The Eyes of Darkness” conta a história de Tina Evans, que busca descobrir o que realmente aconteceu com seu filho Danny. O menino é dado como morto apos um acidente, mas, cerca de um ano depois, ao entrar no quarto do garoto, Tina vê uma mensagem escrita no quadro-negro que há no cômodo: “Não morreu”.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram