- PUBLICIDADE -

Livros pró-democracia somem das bibliotecas de Hong Kong

Livros pró-democracia somem das bibliotecas de Hong Kong

- PUBLICIDADE -

Governo de Hong Kong confirmou a retirada das obras dos catálogos das bibliotecas públicas.

Livros estão sumindo do catálogo das bibliotecas públicas de Hong Kong após entrada em vigor de nova Lei de Segurança Nacional imposta pela China

A maior parte dos autores das obras retiradas das bibliotecas é composta por ativistas pró-democracia.

Entre os livros que foram retirados estão títulos escritos por Joshua Wong, um dos ativistas pró-democracia mais conhecidos da cidade, e Tanya Chan, uma parlamentar filiado a uma legenda liberal. 

De acordo com o jornal South China Morning Post, pelo menos nove obras sumiram das bibliotecas. 

Entre eles estão títulos do acadêmico Chin Wan, considerado o ideólogo do movimento para a autonomia de Hong Kong.

O governo de Hong Kong confirmou a retirada dos títulos do catálogo enquanto durar uma análise para apurar se as obras violam ou não a nova lei de segurança nacional.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -