Português   English   Español

Los Angeles remove estátua do desbravador Cristóvão Colombo

Autoridades da Califórnia afirmam que o monumento representava um “capítulo manchado da história”, onde a população nativa dos Estados Unidos foi alvo de exploração.

A cidade de Los Angeles já havia substituído o Dia de Colombo pelo Dia dos Povos Indígenas.

Autoridades locais removeram uma estátua de Cristóvão Colombo que estava há 45 anos em um parque central da cidade, no que a imprensa californiana considerou um “ato de justiça” para com os habitantes nativos do continente.

“A estátua de Colombo reescreve um capítulo manchado da história, idealiza a expansão dos impérios europeus e a exploração dos recursos naturais e dos seres humanos” afirmou Hilda Sólis, supervisora do condado de Los Angeles.

Sólis, que atuou como secretária do Trabalho durante a presidência de Barack Obama, também foi uma das idealizadoras da decisão do Conselho Municipal da cidade de substituir o feriado do Dia de Colombo pelo Dia dos Povos Indígenas.

“Minimizar ou, pior ainda, ignorar a dor dos habitantes nativos é um desserviço à verdade”, disse Sólis, acrescentando que a remoção da estátua de Colombo do Grand Park permite “iniciar um novo capítulo da nossa história, em que aprendemos com os erros do passado para que não estejamos mais condenados a repeti-los”.

 

Adaptado da fonte Terra

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter