Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Los Angeles remove estátua do desbravador Cristóvão Colombo

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Los Angeles remove estátua do desbravador Cristóvão Colombo
COMPARTILHE

Autoridades da Califórnia afirmam que o monumento representava um “capítulo manchado da história”, onde a população nativa dos Estados Unidos foi alvo de exploração.

A cidade de Los Angeles já havia substituído o Dia de Colombo pelo Dia dos Povos Indígenas.

Autoridades locais removeram uma estátua de Cristóvão Colombo que estava há 45 anos em um parque central da cidade, no que a imprensa californiana considerou um “ato de justiça” para com os habitantes nativos do continente.

“A estátua de Colombo reescreve um capítulo manchado da história, idealiza a expansão dos impérios europeus e a exploração dos recursos naturais e dos seres humanos” afirmou Hilda Sólis, supervisora do condado de Los Angeles.

Sólis, que atuou como secretária do Trabalho durante a presidência de Barack Obama, também foi uma das idealizadoras da decisão do Conselho Municipal da cidade de substituir o feriado do Dia de Colombo pelo Dia dos Povos Indígenas.

“Minimizar ou, pior ainda, ignorar a dor dos habitantes nativos é um desserviço à verdade”, disse Sólis, acrescentando que a remoção da estátua de Colombo do Grand Park permite “iniciar um novo capítulo da nossa história, em que aprendemos com os erros do passado para que não estejamos mais condenados a repeti-los”.

 

Adaptado da fonte Terra
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram