PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Luciano Hang e Kim Kataguiri trocam farpas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Hang terminou a discussão com uma oferta de emprego ao futuro ex-deputado.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O bilionário Luciano Hang e o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) trocaram farpas pelas redes sociais na noite desta segunda-feira (28). 

O imbróglio teve início quando Kataguiri mencionou um suposto relatório da ABIN sobre as atividades do empresário, que é dono da rede de lojas Havan.

Hang respondeu: 

“A Havan faz sucesso há 35 anos. Somos uma empresa rica de dono pobre. Tudo o que se gera é reinvestido. Sempre tivemos 3 coisas: dinheiro no caixa, contas a receber e estoque. E o mais importante: credibilidade com fornecedores, colaboradores e clientes. Coisa que você já perdeu.”

Kim replicou: 

“Se eu quisesse ser parceiro de pilantra, já teria aceitado cargo no governo Bolsonaro. Um abração, véio!”

Hang encerrou a discussão com uma oferta de emprego: 

“Quando não tiveres mais oportunidade na política e quiseres um bom emprego, mande o currículo para cá. Vou analisar. Abraço!”

O relatório mencionado por Kataguiri para atacar Hang foi desmentido pela própria ABIN.

Em nota à imprensa, a agência de inteligência negou “ter produzido, recebido ou difundido relatório ou qualquer outro documento” sobre Hang.

Com a repercussão do caso, o diretor-geral da ABIN, Alexandre Ramagem, veio a público acusar “parte da imprensa” de tentar prejudicar o governo de Jair Bolsonaro.

Parte da imprensa promove construção de falsos fatos, dissociada dos deveres e da ética jornalística, na tentativa de desestabilizar o governo federal. Atos espúrios devem ser responsabilizados”, escreveu Ramagem, como noticiou a Renova.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.