Ministro Luiz Fux acelera ação penal contra Jair Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O Ministro do STF, Luiz Fux, marcou para o dia 4 de abril o interrogatório do deputado federal (PSC-RJ) e pré-candidato à Presidência, Jair Bolsonaro, na ação penal pública sobre incitação ao crime de estupro.

De acordo com informações publicadas minutos atrás pelo site O Antagonista:

A ação passou a tramitar de forma acelerada depois que Fux acatou pedido da PGR, separando essa ação de outra, de caráter privado, proposta pela deputada Maria do Rosário.

As duas ações penais – uma pública e outra privada – tramitam de forma conjunta por tratarem do mesmo crime.

A defesa de Jair Bolsonaro avalia recorrer da decisão de Luis Fux, uma vez que as testemunhas do caso ainda não foram ouvidas.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.