Ministro Luiz Fux acelera ação penal contra Jair Bolsonaro

O Ministro do STF, Luiz Fux, marcou para o dia 4 de abril o interrogatório do deputado federal (PSC-RJ) e pré-candidato à Presidência, Jair Bolsonaro, na ação penal pública sobre incitação ao crime de estupro.

De acordo com informações publicadas minutos atrás pelo site O Antagonista:

A ação passou a tramitar de forma acelerada depois que Fux acatou pedido da PGR, separando essa ação de outra, de caráter privado, proposta pela deputada Maria do Rosário.

As duas ações penais – uma pública e outra privada – tramitam de forma conjunta por tratarem do mesmo crime.

A defesa de Jair Bolsonaro avalia recorrer da decisão de Luis Fux, uma vez que as testemunhas do caso ainda não foram ouvidas.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *