- PUBLICIDADE -

Luiz Fux pede respeito a decisões do Poder Judiciário

Band e Intercept implicam Fux no caso das mensagens hackeadas
Imagem: Cristiano Mariz/VEJA
- PUBLICIDADE -

Em resposta a líder do governo, presidente do STF defende respeito a decisões judiciais.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, afirmou, nesta terça-feira (8), que o “respeito a decisões judiciais é pressuposto do Estado Democrático de Direito“.

O comentário é uma reação à declaração do líder do governo de Jair Bolsonaro na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR).

Barros disse que “vai chegar a hora” de que as decisões do Judiciário não serão mais cumpridas:

“O Judiciário vai ter que se acomodar nesse avançar nas prerrogativas do Executivo e Legislativo. Vai chegar uma hora em que vamos dizer [para o Judiciário] que simplesmente não vamos cumprir mais.”

A declaração de Barros acontece na esteira do acirramento das relações entre o presidente Bolsonaro e o STF.

O deputado estava falando sobre a determinação da Corte para que a União realize o Censo demográfico em 2022, que é ano eleitoral. 

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -