Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Luiz Philippe e Bia Kicis na mira de Alexandre de Moraes

Luiz Philippe e Bia Kicis na mira de Alexandre de Moraes
Imagem: Reprodução/Facebook
COMPARTILHE

Ministro do STF ordenou que deputados aliados de Bolsonaro devem ser ouvidos nos próximos dias.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou, nesta quarta-feira (27), que deputados deverão ser ouvidos no inquérito das fake news nos próximos dias.

Todos os parlamentares na mira de Moraes são aliados do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Os deputados, no entanto, não foram alvos de mandados de busca e apreensão, mas precisarão prestar esclarecimentos em até dez dias.

Moraes também determinou¹ que as postagens dos políticos nas redes sociais sejam preservadas.

Entre os alvos estão os deputados federais Luiz Phillipe de Orleans e Bragança, também conhecido como Príncipe, e Bia Kicis, uma das principais defensoras do chefe do Executivo.

Até o momento, nenhum dos dois comentou sobre a operação deflagrada a mando de Moraes. Mas, algumas horas atrás, Kicis criticou uma decisão do STF sobre o movimento “Escola Sem Partido”.

“Decisão absurda e inconstitucional no STF. Precisa ser contestada”, escreveu Kicis.

Agentes da PF realizam 29 buscas no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

Entre os outros alvos² de buscas estão:

  • presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson;
  • empresário Luciano Hang;
  • deputado estadual Douglas Garcia (PSL);
  • fundador do Terça Livre, Allan dos Santos;
Referências: [1][2]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários