Lula deve sofrer derrota dupla em julgamento de embargos nesta segunda

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Com uma única decisão, TRF-4 pode deixar ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva mais perto da prisão e torná-lo inelegível.

O julgamento do embargo de declaração do caso do tríplex marcado para hoje (26) no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre (RS), pode impor ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) duas derrotas simultâneas. Além de ser condenado definitivamente em segunda instância, o petista pode passar à condição de inelegível pela Lei da Ficha Limpa a partir da publicação do acórdão, o que deve ocorrer em até dez dias.

O embargo de declaração será julgado pela 8ª Turma do TRF-4, formada pelos desembargadores João Gebran Neto, Leandro Paulsen e Victor Laus – os mesmos que, por unanimidade, elevaram a pena para 12 anos e um mês de prisão, por corrupção e lavagem de dinheiro. Lula só não poderá ser preso porque o Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu liminar contra prisão até o julgamento no dia 4 de abril.

Questionado sobre a expectativa da defesa em relação ao embargo, o advogado José Roberto Batochio, que representa o ex-presidente, foi direto: “Nas três dimensões do tempo, passado, presente e futuro, não há qualquer expectativa”.

 

Com informações de: [Infomoney]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.