Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Lula esquecido na cadeia em Curitiba após período eleitoral

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Lula esquecido na cadeia em Curitiba após período eleitoral

Depois da derrota do PT na eleição presidencial, a romaria de visitas ilustres que tomavam a agenda do ex-presidente Lula, preso em Curitiba desde abril, não é mais a mesma.

Antes tomadas pelo comparecimento de personalidades como o ator americano Danny Glover, o filósofo Noam Chomsky e o ex-presidente uruguaio Pepe Mujica, as quintas-feiras — dia mais movimentado por ser a ocasião em que ele recebe amigos e familiares com autorização da Justiça — hoje se restringem a encontros com lideranças petistas ou pessoas próximas ao seu partido.

Na última quinta-feira (6), Lula recebeu o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, o deputado federal Arlindo Chinaglia (PT-SP) e o fundador do partido espanhol Podemos Juan Monedero.

Policiais relatam que Monedero quebrou um jejum de dois meses de visitas internacionais. Após a derrota do ex-prefeito Fernando Haddad para o presidente eleito Jair Bolsonaro, houve um “sumiço dos famosos” .

Duas pessoas que estiveram com Lula nas últimas semanas disseram à reportagem que o presidiário nunca se mostrou tão abatido e desanimado.

As visitas de líderes religiosos que eram realizadas às segundas também minguaram.

Adaptado da fonte O Globo

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email