Lula perde ação contra Dallagnol e sua apresentação Powerpoint

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo negou, nesta quarta-feira (5), por unanimidade, um recurso do presidiário Lula (PT) que pedia, na segunda instância, pagamento de multa de R$ 1 milhão contra o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato.

A ação já havia sido julgada em primeira instância.

O petista pedia a indenização por acreditar ter sofrido danos morais decorrentes da violação de sua honra depois que Deltan Dallagnol fez uso do PowerPoint para explicar a primeira denúncia da qual Lula foi alvo, sobre o tríplex.

A apresentação aconteceu em setembro de 2016. Lula chegou a ser qualificado como “comandante máximo” de esquemas de corrupção envolvendo a Petrobras.

Procurada pela reportagem, a defesa de Lula ainda não se manifestou a respeito. Lula ainda pode recorrer. O MPF (Ministério Público Federal) disse que o procurador não pretende se pronunciar a respeito da decisão.

 

Adaptado da fonte UOL

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as últimas notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque