Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Lula propaga teoria conspiratória sobre facada em Bolsonaro

Lula propaga teoria conspiratória sobre facada em Bolsonaro
COMPARTILHE

“Aquela facada tem uma coisa muito estranha”, disse o condenado petista em entrevista nesta quinta.

O condenado Lula da Silva fez duras críticas ao presidente da República, Jair Bolsonaro, em entrevista transmitida, nesta quinta-feira (13), pela emissora TVT.

Juca Kfouri e José Trajano conversaram com o ex-presidente na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde ele está preso desde abril do ano passado.

Durante a conversa, Lula disse que, como resultado de sua ausência nas duas últimas eleições, “o país pariu essa coisa chamada Bolsonaro”.

O petista também levantou uma teoria conspiratória sobre o atentado contra o então candidato à Presidência, Jair Bolsonaro, em Juiz de Fora, interior de Minas Gerais.

“Eu, sinceramente…aquela facada tem uma coisa muito estranha, uma facada que não aparece sangue, que o cara é protegido pelos seguranças do Bolsonaro”, disse Lula.

Confrontado por Kfouri sobre os eleitores que se sentiram traídos pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Lula disse que havia outros candidatos para as pessoas exercerem “vingança”.

“Alguém que se sentiu traído pelo PT não poderia ter votado no Bolsonaro. Se o cara se sentiu traído, poderia ter votado em coisa melhor, o Boulos foi candidato, o Ciro, embora não mereça porque é muito grosseiro, foi candidato”, acrescentou o petista, segundo o site UOL.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários