Português   English   Español

Lula tenta retirar caso das mãos de Sergio Moro

Lula tenta retirar caso das mãos de Sergio Moro

Além de tentar suspender a ação penal que trata do repasse de propina da Odebrecht a Lula, os advogados do petista também tentam no STF retirar o caso da Justiça Federal no Paraná, transferindo-o para São Paulo.

A defesa do presidiário Lula pediu que o STF suspenda ação penal do petista por suposto recebimento de vantagens indevidas da Odebrecht até que o Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) julgue se ele teve seus direitos civis e políticos foram violados pelo juiz Sergio Moro.

A ação penal está na fase final na Justiça Federal do Paraná. A defesa alega que o Comitê da ONU estabeleceu que, com efeito vinculante aos Três Poderes — que se abstenha de realizar “qualquer ação que impeça ou frustre a apreciação de um Comunicado pelo Comitê alegando violação do Tratado”

Os advogados pedem, inclusive, que o prazo para a entrega das alegações finais só comece depois que forem entregues as considerações finais dos advogados dos réus que fizeram delação premiada, como Marcelo Odebrecht.

No habeas corpus, os advogados de Lula ainda que o Supremo determine a retirada de termo da delação premiada do ex-ministro Antonio Palocci do processo. Isso porque o juiz Sergio Moro teria tentado influenciar as eleições presidenciais ao anexar o documento na ação a seis dias do primeiro turno das eleições presidenciais.

 

Adaptado da fonte JOTA

Deixe seu comentário

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter