Lula viaja à África dois dias depois do julgamento no TRF-4

Há pouco mais de um mês, Lula confirmou presença em debate na Etiópia e deve passar os dias 26 e 27 de janeiro no país africano.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo:

Embora a viagem tenha sido marcada com antecedência, petistas temem que adversários usem essa agenda para alimentar rumores de que Lula pretende deixar o Brasil em caso de condenação em segunda instância.

Alguns petistas têm recomendado que o ex-presidente cancele a viagem para se poupar de desgastes. Mas, segundo colaboradores, o compromisso está mantido.

A turma do Antagonista recomendou que a Lava Jato retirasse o passaporte de Lula para evitar uma possível fuga.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

2 Comentários

  1. Maria Lourdes Carneiro disse:

    Talvez já houvesse um pensamento ANTERIOR ao julgamento na segunda instância , que se o resultado na segunda instância fosse a condenacão , que Lula indo para o congresso na Etiópia , lá PEDISSE ASILO POLÍTICO , assim se livrando de ser preso no Brasil.

    • Sergio Della Giustina disse:

      Você tem razão, provavelmente, Lula irá pedir ASILO POLÍTICO, dizendo o que diz aqui no Brasil, que é perseguido político. E para esses países onde o próprio “financiou obras”, certamente irão conceder o asilo.
      Espero que o Ministério Público Federal fique atento, e tome as providências cabíveis enquanto há tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *