Maconha sintética inédita é identificada por cientistas do Paraná

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Cientistas do Paraná identificam maconha sintética inédita.

Um grupo de pesquisadores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) identificou uma maconha sintética inédita.

A Receita Federal localizou a droga até então desconhecida pela comunidade científica em uma correspondência enviada da Holanda para os Correios do município de Pinhais, no interior do Paraná.

A apreensão ocorreu em 18 de agosto deste ano.

Segundo os pesquisadores, o produto teve as moléculas modificadas em laboratório para dificultar sua identificação, tanto em testes quanto por cães farejadores. 

A primeira vez em que se teve informações de drogas sintéticas no Brasil, que simulam os efeitos da maconha, foi em 2009, pela Polícia Federal de São Paulo. 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.