Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Macri diz que Argentina manterá reivindicação pelas Malvinas

COMPARTILHE
Capa: Juan Mabromata\AFP

“Vamos continuar reivindicando o que acreditamos ser legítimo e que nos pertence: a soberania das Ilhas Malvinas”, declarou o presidente argentino.

As informações são do Correio Braziliense:

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, sustentou nesta segunda-feira (2/4) que continuará firme na reivindicação pela soberania das Malvinas, 36 anos após a guerra com a Grã-Bretanha pela posse das ilhas.

“Vamos continuar reivindicando o que acreditamos ser legítimo e que nos pertence: a soberania das Ilhas Malvinas”, declarou Macri em um ato na residência oficial de Olivos (periferia norte) diante de veteranos de guerra e familiares de falecidos, segundo um comunicado oficial.

Atos organizados por um governo provincial, ex-combatentes e partidos de esquerda foram realizados também para homenagear os soldados mortos.

No Dia do Veterano e dos Mortos, milhares de pessoas participaram da cerimônia principal na cidade de Río Grande, na província de Tierra del Fuego, 3.000 quilômetros ao sul de Buenos Aires, segundo canais de TV e sites da imprensa.

A Argentina perdeu o controle das ilhas em 1833, ocupadas pelo Exército britânico. Em 1982, tropas do ditador argentino Leopoldo Galtieri (1981-1982) foram derrotadas na guerra.

Buenos Aires quer que Londres cumpra resoluções da ONU para negociar a soberania do arquipélago.

A Grã-Bretanha se nega, argumentando que a população de quase 3.000 pessoas decidiu manter a cidadania britânica em um referendo realizado em 2013.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE