PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Macri nega ter fornecido armas à Bolívia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Atual presidente argentino pediu desculpas à Bolívia por supostas ações de Macri.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O ex-presidente da Argentina, Mauricio Macri, nega ter fornecido armas ao governo da Bolívia durante manifestações a favor de Evo Morales em 2019.

Em carta publicada no último sábado (10), Macri declarou:

“A partir da denúncia inoportuna que funcionários bolivianos deram a conhecer na última quinta-feira (8), quero desmentir categoricamente a veracidade dessas acusações.”

Dias atrás, o chanceler da Bolívia, Rogelio Mayta, divulgou uma suposta carta do então comandante da Força Aérea Boliviana dirigida ao então embaixador argentino em La Paz, Normando Álvarez.

No documento, como noticiou a Renova, o militar boliviano agradeceu ao diplomata argentino pela colaboração “no âmbito do apoio internacional bilateral” e detalhou uma série de itens de “material de guerra de agentes químicos”. 

Horas depois da divulgação da suposta carta, o atual presidente argentino, Alberto Fernández, pediu desculpas ao povo boliviano.

Fernández ainda descreveu a queda de Morales na Bolívia como um “golpe de Estado”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.