Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Macri quer facilitar expulsão de imigrantes presos na Argentina

Macri quer facilitar expulsão de imigrantes presos na Argentina
COMPARTILHE

O ano eleitoral na Argentina começa com um debate acalorado sobre a questão da segurança.

O governo, cujo pré-candidato é o próprio presidente Mauricio Macri, quer implementar um processo mais rápido de expulsão do país de todos os estrangeiros que tenham cometido delitos na Argentina ou que estejam respondendo a um processo.

A legislação já havia sido aprovada pelo presidente argentino por decreto em 2017, mas agora está em fase de regulamentação e terá de ser enviada ao Congresso.

Entidades de direitos humanos e a oposição liderada pela ex-presidente Cristina Kirchner questionam a legalidade ante a Constituição devido a alguns de seus artigos.

O debate voltou a ganhar forças após as primeiras pesquisas mostrarem que a segurança continua sendo a principal preocupação dos argentinos, que vão às urnas em outubro, informa o jornal Valor Econômico.

A atual ministra de Segurança, Patricia Bullrich, é quem está por trás da redação final da lei, que permitirá uma “rápida expulsão daqueles que cometem delito”.

As chances de projeto passar são grandes. A proposta de Macri conta com o apoio, além da ala governista do Congresso, dos peronistas de direita.

“É preciso expulsar a chutes os estrangeiros que delinquem”, afirmou o líder do Senado, o peronista Miguel Pichetto.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários