Macron continua enviando imigrantes ilegais para o interior da França

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Uma idílica vila do sul da França está pronta para receber imigrantes africanos enquanto o governo Macron continua seu programa para dispersar dezenas de milhares de novos imigrantes ilegais para o interior do país.

Com a capital Paris saturada em grande parte – cerca de 550 migrantes chegam à cidade semanalmente – o Ministério do Interior francês continua seu programa de dispersar imigrantes para centenas de cidades e aldeias por todo país.

A pequena vila de Châteaudouble, no sul da França, já começou os preparativos para receber dezenas de imigrantes em setembro. A ONG Forum réfugiés-Cosi recebeu financiamentos da ONU e do governo francês para organizar centros de recepção para os solicitantes de asilo na cidade.

Ecoando a situação nas comunidades rurais em toda a França, a reação da comunidade local em Châteaudouble tem sido extremamente negativa para o anúncio da iminente chegada dos migrantes.

Os moradores temem que o influxo migratório mude o caráter provençal da aldeia. Muitos estão preocupados com o crime, apontando para a dramática deterioração da cidade grande mais próxima, Draguignan, que foi transformada pela imigração nos últimos anos. Outros expressaram preocupações para a mídia francesa de que os turistas começarão a evitar visitar o vilarejo.

Localizada na parte sul do país, a vila de pedra medieval de Châteaudouble atrai muitos turistas por causa das suas antigas fortificações, a sua bela vegetação e trilhas para caminhadas.

Vila francesa de Chateaudouble
Traduzido e adaptado de The Gateway Pundit

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.