Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Macron denuncia ‘jogo perigoso’ do regime turco na Líbia

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Erdogan diz que Macron está em 'estado de morte cerebral'

“Hoje considero que a Turquia esteja jogando um jogo perigoso na Líbia”, diz Macron.

Emmanuel Macron, presidente da França, denunciou, nesta segunda-feira (22), o “jogo perigoso” da Turquia na Líbia.

Macron qualificou a atuação turca como uma ameaça direta à região e a toda a Europa:

“Hoje considero que a Turquia esteja jogando um jogo perigoso na Líbia, e esteja violando todos os compromissos assumidos na conferência de Berlim.”

O governo francês acusou a Turquia de fornecer armas ao Governo da União Nacional (GNA), violando o embargo da Organização das Nações Unidas (ONU). 

Macron também disse que o regime de Recep Tayyip Erdogan agiu de forma “extremamente agressiva” contra uma fragata francesa que controlava o embargo de armas contra a Líbia, no Mediterrâneo.

A Turquia, por sua vez, acusa Paris de ser o “terceirizado de certos países da região” diante da crise na Líbia, em referência aos Emirados Árabes Unidos e ao Egito.

Referências: [1]

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email