Macron criticado por legislação que visa “combater fake news”

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Os planos do presidente francês, Emmanuel Macron, de passar legislação contra “notícias falsas” estão sofrendo dura oposição.

Os usuários do Twitter impulsionaram a hashtag “InventYourFakeNews” para o topo dos treding topics na França. Deputados da oposição alertam que a lei coloca as liberdades civis em risco. Especialistas dizem que a lei pode não ser a melhor ferramenta para solucionar a questão das notícias falsas.

Emmanuel Macron anunciou na quarta-feira um plano para conter propagação de fake news durante o período eleitoral.

Segundo explicou Macron, a lei vai obrigar as páginas da Internet a tornar público quem está por trás dos conteúdos patrocinados e espera limitar esse formato de anúncio. Assim, caso seja confirmado que aquele conteúdo é uma notícia falsa, o caso seguirá para tribunal e o juiz responsável poderá censurar tanto aquela informação, como a própria página que a veiculou.

Senador conservador Bruno Retailleau criticou a legislação:

Somente os regimes autoritários tentam controlar o que é a verdade. A liberdade de expressão traz riscos, mas eles são melhores do que a tentação de controlar as mentes.

A líder da Frente Nacional, Marine Le Pen, disse no Twitter:

“A França ainda é uma democracia se coloca mordaça nos seus cidadãos? Isso é muito preocupante!”, disse Marine Le  Pen.

 

Com informações de: (1)
SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...