Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Macron perde maioria absoluta parlamentar na França

Macron interferiu na Amazônia com imagem de fotógrafo morto em 2003
COMPARTILHE

Com sua popularidade sendo corroída por suas polêmicas reformas econômicas e sociais, Macron segue perdendo deputados aliados.

O partido governista na França, a República em Marcha (LREM), perdeu sua maioria absoluta, nesta segunda-feira (18), na Assembleia Nacional, a Câmara baixa do Parlamento.

O partido foi fundado pelo presidente francês, Emmanuel Macron.

A movimentação no cenário político derrubou a bancada do presidente Macron para 288 deputados, faltando uma vaga para a maioria absoluta de 289 assentos de que o partido do governo desfrutava até agora.

A situação aconteceu após a criação de um novo grupo parlamentar por alguns dissidentes da sigla da situação.

Batizado de “Ecologia, Democracia, Solidariedade”, a sigla se define como “independente” e é composto por 17 deputados – a maioria, ex-membros do LREM.

Essa perda tem um grande simbolismo, mas, na prática, o partido do governo pode recuperar rapidamente a maioria absoluta com a chegada do substituto para a vaga de um deputado que renunciou recentemente, destaca a agência France-Presse.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários