Português   English   Español

Macron fecha sala de imprensa do Palácio do Eliseu

O queridinho da grande mídia, Emmanuel Macron, fechou sala de imprensa do Palácio do Eliseu para acabar com “privilégios” dos jornalistas.

De acordo com informações da ANSA propagadas pela IstoÉ:

Uma assessora do presidente da França, Emmanuel Macron, Sibet Ndiaye, confirmou nesta quarta-feira (14/02) que os jornalistas serão transferidos para um novo local, fora do Palácio do Eliseu.

O gabinete de Macron decidiu fechar a sala de imprensa, em meio a esforços mais amplos do líder francês para controlar sua imagem. Um conselheiro disse que o presidente pretende acabar com “privilégios” para a imprensa – os jornalistas tinham uma sala no Eliseu havia mais de 40 anos, com presidentes de todas as forças políticas.

Os repórteres devem ser transferidos para um espaço em uma rua perto do palácio. A decisão teria sido tomada pessoalmente por Macron, para reduzir a cobrança sobre questões públicas. A sala de imprensa, que tem uma grande janela para o pátio do Eliseu, será transformada em uma “sala de reuniões” para os assessores do presidente.

Após a decisão, a mídia francesa realizou um protesto contra Macron.

Deixe seu comentário

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter