Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Macron usa pacto climático para chantagear Bolsonaro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Macron usa pacto climático para chantagear Bolsonaro
COMPARTILHE

“Se o Brasil deixar o acordo de Paris, até onde nos diz respeito, não poderemos assinar o acordo comercial com eles”, alertou Macron.

O presidente francês, Emmanuel Macron, ameaçou colocar em risco os trabalhos de negociações comerciais entre União Europeia e Mercosul.

Após décadas de negociação, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou recentemente que o acordo poderia ser assinado “logo”, enquanto a UE o chamou de “prioridade número um”.

Macron, por outro lado, preferiu utilizar do artifício da chantagem para pressionar o líder do Brasil sobre questões ambientais.

O líder da França afirmou, nesta quinta-feira (27), que não assinará nenhum acordo comercial com o Brasil caso o presidente Bolsonaro saia do acordo climático de Paris.

Em conversa com jornalistas, segundo a agência Reuters, Macron declarou:

“Se o Brasil deixar o acordo de Paris, até onde nos diz respeito, não poderemos assinar o acordo comercial com eles. Por uma simples razão. Estamos pedindo que nossos produtores parem de usar pesticidas, estamos pedindo que nossas companhias produzam menos carbono, e isso tem um custo de competitividade.”

E acrescentou:

“Então não vamos dizer de um dia para o outro que deixaremos entrar bens de países que não respeitam nada disso.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram