Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Macron volta à Itália para construir relações com governo esquerdista

Macron volta à Itália para construir relações com governo esquerdista
COMPARTILHE

O ano de 2019 ficou marcado por desavenças entre França e Itália. Macron traça nova estratégia após saída de Salvini.

Após a saída do líder direitista Matteo Salvini do governo italiano, o presidente da França, Emmanuel Macron, volta a Roma, nesta quarta-feira (18), para marcar uma nova fase nas relações entre as duas nações.

Macron se reunirá com o presidente Sergio Mattarella e com o primeiro-ministro Giuseppe Conte, que agora lidera um governo de coalizão formado pelo Movimento 5 Estrelas (M5S), sigla do centrão italiano, e pelo esquerdista Partido Democrático (PD).

A visita de Macron deve girar sobretudo ao redor da crise migratória, que continua afetando os países europeus, informa a agência ANSA.

França e Itália defendem a criação de um mecanismo permanente de redistribuição de solicitantes de refúgio na União Europeia, proposta que também tem o apoio da Alemanha, mas é rechaçada pelos países do Leste Europeu, que possuem governos mais alinhados à direita.

Na gestão anterior, as relações entre Roma e Paris atingiram seu ponto mais baixo desde a Segunda Guerra Mundial. Salvini e Macron trocaram farpas públicas em repetidas ocasiões.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE