Maduro acusa Grupo de Lima de incentivar golpe de estado na Venezuela

Idiomas:

Português   English   Español
Maduro acusa Grupo de Lima de incentivar golpe de Estado na Venezuela
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Grupo de 13 países da América Latina decidiu não reconhecer o novo “mandato presidencial” de Nicolás Maduro.


A Venezuela acusou nesta sexta-feira (4) o Grupo de Lima de incentivar um golpe de estado com apoio dos Estados Unidos.

A ditadura chavista recusou a proposta do bloco ao ditador Nicolás Maduro de desistir de assumir um novo mandato em 10 de janeiro e transferir o poder ao Parlamento, controlado pela ínfima oposição.

Em um comunicado, o chanceler Jorge Arreaza disse:

[A Venezuela expressou] sua maior perplexidade ante a extravagante declaração de um grupo de países do continente americano, que após receber instruções do governo dos Estados Unidos através de uma videoconferência, acordaram incentivar um golpe de estado.

Mais cedo, Arreaza criticou o Grupo de Lima pelo Twitter:

O que temos afirmado desde a criação deste grupo de governos unidos contra a Venezuela, e que em teoria não pertence ao governo dos EUA: se reúnem para receber ordens de Donald Trump por intermédio de Mike Pompeo. Que demonstração de subordinação humilhante!

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...