- PUBLICIDADE -

Maduro anula presidência de Guaidó na Assembleia Nacional

Guaidó rejeita antecipação de eleições proposta por Maduro
- PUBLICIDADE -

Maduro segue tentando minar a influência de Guaidó no que sobrou do Parlamento da Venezuela.

O Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) da Venezuela decidiu anular, nesta terça-feira (26), a atual presidência da Assembleia Nacional, comandada por Juan Guaidó.

O órgão judicial apontou¹ o deputado dissidente da oposição, Luis Parra, como novo responsável pelo Parlamento.

A decisão² do TSJ, órgão controlado totalmente pela ditadura de Nicolás Maduro, abre espaço para que o grupo de Guaidó tenha dificuldades de entrar no prédio da Assembleia.

Reconhecido como presidente interino por mais de 50 países, Guaidó ocupa a liderança da Casa desde 5 de janeiro de 2019. 

No dia 23 do mesmo mês, Guaidó proclamou-se presidente da Venezuela, interpretando que a reeleição de Maduro havia sido ilegal e, portanto, o cargo estaria vago.

Referências: [1][2]
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -