Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Maduro ataca EUA e ignora crise humanitária na Venezuela

Maduro ataca EUA e ignora crise humanitária na Venezuela
COMPARTILHE

Ditador venezuelano acusa EUA de impulsionar invasão com “falsa desculpa” de crise humanitária.

Ao ler uma carta em um ato na Praça Bolívar de Caracas, o ditador Nicolás Maduro acusou a Casa Branca de armar uma “coalizão internacional” para “cometer a grave loucura de intervir militarmente na Venezuela sob a falsa desculpa de uma crise humanitária inexistente”.

A declaração coincide com a chegada de ajuda humanitária enviada pelos Estados Unidos à cidade colombiana de Cúcuta, fronteiriça com a Venezuela.

O líder opositor Juan Guaidó, chefe do Parlamento e reconhecido como presidente interino do país petroleiro por cerca de 40 governos da América e Europa, está coordenando a entrada da ajuda ao país.

Na quarta-feira, Maduro qualificou essa ajuda como um “show barato”, negando-se a aceitar que passe pelas fronteiras, enquanto Guaidó pedia aos militares que permitissem o cruzamento.

“Nem com show, nem com golpes fracassados, nem com ameaças de intervenção, nem com agressão diplomática, nunca puderam nem poderão conosco!”, disse o ditador, segundo a agência AFP.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários