- PUBLICIDADE -

Maduro culpa ‘ataque eletromagnético’ por apagão na Venezuela

Maduro culpa 'ataque eletromagnético' por apagão na Venezuela
- PUBLICIDADE -

Ainda não há informações sobre a normalização completa do serviço elétrico na Venezuela.

Um blecaute atingiu toda a Venezuela no final da tarde desta segunda-feira (22). O apagão teve início às 16h45 (horário local).

Em nota, a ditadura de Nicolás Maduro disse que os primeiros indícios de investigação apontam para um “ataque eletromagnético” que atingiu o o sistema de geração hidrelétrica de Guayana, principal provedor de energia elétrica do país, informa a agência EBC.

O ministro de Comunicação da Venezuela, Jorge Rodríguez, disse que o regime trabalha em procedimentos para efetuar a reconexão do sistema para reativar o serviço de energia elétrica no menor tempo possível.

“Ativamos os mecanismos para atender as contingências no fornecimento de água potável, prestação de serviços de transporte e em nossos centros de saúde”, disse Rodriguez através da rede social Twitter.

Em março, outro apagão resultou na queda do fornecimento de energia, na capital, Caracas, e em 22 dos 23 estados venezuelanos, deixando cerca de 90% do país na escuridão.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -