Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Maduro diz que a direita persegue líderes da América do Sul

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, condenou novamente a detenção do ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva.

Maduro assegurou que os oligarcas brasileiros querem impedir Lula de ser eleito presidente mais uma vez.

Durante uma homenagem ao político colombiano Jorge Eliécer Gaitán, em Caracas, ele declarou:

Contra Lula foi desencadeada uma perseguição da oligarquia judicial e da mídia no Brasil, e aqui na Venezuela a condenamos, sabemos que querem evitar que Lula seja candidato presidencial.

Maduro também se referiu a Lula como um símbolo de democracia e da justiça social, fazendo um apelo aos seu séquito na Venezuela para que reflitam sobre os sistemas da direita que, segundo ele, estão perseguindo judicialmente os líderes progressistas como a ex-presidente argentina, Cristina Kirchner, e o ex-presidente equatoriano, Rafael Correa.

Com informações de: [Sputnik]
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram