- PUBLICIDADE -

Maduro diz que aceitaria reunião com Trump

- PUBLICIDADE -

“Da mesma maneira como falei com Biden, posso falar com Trump”, disse Maduro.

Nicolás Maduro, ditador da Venezuela, afirmou, nesta segunda-feira (22), que aceitaria o convite para uma conversa com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desde que houvesse “respeito” durante o diálogo.

Em entrevista à emissora estatal, Maduro declarou:

“Minha resposta é que, assim como me reuni com [Joe] Biden e conversamos longamente e de maneira respeitosa, o que foi registrado naquele momento, também no momento que seja necessário estou disposto a conversar respeitosamente com o presidente Donald Trump.”

Maduro se encontrou com o democrata Joe Biden, então vice-presidente dos EUA, em 2015, no Brasil, durante a posse da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Ontem, o presidente norte-americano afirmou que a única chance de encontrar-se com Maduro é para organizar uma saída pacífica do comunista do poder.

“Eu só me encontraria com Maduro para discutir uma coisa: uma saída pacífica do poder!”, disse Trump. 

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -