Maduro é acusado de financiar terrorismo com criptomoedas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Esta não é a 1ª vez que Maduro é acusado de usar criptomoedas para atividades ilícitas.

O presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, afirmou que o ditador Nicolás Maduro estaria usando criptomoedas para financiar as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

Em entrevista à rádio da Colômbia, Guaidó disse que Maduro está usando “ouro de sangue”, tráfico de armas e criptomoedas para a lavagem de dinheiro e financiamento de guerrilhas.

Guaidó ainda disse que era necessário que a comunidade internacional não desse mais “tratamento diplomático” a Maduro, pois assim estaria validando “que ele pode ser financiado a esses grupos armados ilegais da Venezuela e dar-lhes proteção”.

Esta não é a 1ª vez que Maduro é acusado de usar criptomoedas para atividades ilícitas.

Em outubro de 2020, o Chefe do Comando Sul das Forças Armadas dos Estados Unidos vinculou o uso de moedas digitais na região ao financiamento do tráfico de drogas por autoridades do regime venezuelano. 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.