Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Maduro prende militares e policiais na Venezuela

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

A ditadura de Maduro nega manter prisioneiros políticos, e frequentemente acusa a oposição de fomentar violência.

Em mais uma medida da ofensiva do ditador Nicolás Maduro contra opositores, seis integrantes das forças militares e policiais da Venezuela foram presos durante o final de semana.

Miguel Sisco Mora, general da Força Aérea, foi preso na tarde de sexta-feira (21) em um estacionamento em Guatire, a 40 quilômetros de Caracas.

Já o capitão da Marinha, Rafael Costa, foi detido também na sexta-feira, em Guarenas, segundo sua mulher, Waleska Perez.

As prisões acontecem logo após a visita de Michelle Bachelet, ex-presidente do Chile que é atualmente a chefe do alto comissariado da ONU para direitos humanos.

Na sexta, Bachelet exortou Maduro a libertar os prisioneiros que foram detidos após protestos pacíficos. O líder chavista afirmou que iria levar a sério as preocupações da ONU, segundo o jornal Folha.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.