Maduro promete ‘lição de força’ à ‘ultradireita’ do Brasil e Colômbia

Português   English   Español
Maduro promete 'lição de força' à 'ultradireita' do Brasil e Colômbia
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Em discurso nesta quarta-feira (12) no palácio de Miraflores, em Caracas, o ditador venezuelano desferiu ataques contra Brasil, Colômbia e Estados Unidos.

Em declarações transmitidas pela televisão aberta do País, o ditador Nicolás Maduro acusou o vice-presidente eleito do Brasil de tentar promover uma invasão militar contra a Venezuela.

O líder chavista declarou:

Esse vice-presidente fala todos os dias que quer invadir a Venezuela. Ele tem uma cara de louco. Quero ver se esse louco covarde vai vir até aqui à frente das suas tropas.

E completou:

A ultradireita do mundo acredita que a Venezuela não tem como se defender. Mas vamos dar a eles uma lição que eles nunca esquecerão nem em mil anos, uma lição de dignidade e força. Uma lição aos loucos da ultradireita, seja do Brasil ou da Colômbia.

Por outro lado, Maduro afirmou que, mesmo com a posição do general Hamilton Mourão, “as forças militares do Brasil querem paz”.

Maduro afirmou:

Ninguém no Brasil quer que o futuro governo de Jair Bolsonaro se meta em uma aventura militar contra o povo da Venezuela.

E completou:

Um alto oficial brasileiro me mandou uma mensagem de que eles não vão ser instrumentos do império estadunidense contra a paz na América do Sul.

Adaptado da fonte DW
SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...