Português   English   Español
Português   English   Español

Maduro reforça bloqueio de ponte na fronteira com Colômbia

Maduro reforça bloqueio de ponte na fronteira com Colômbia
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Militares venezuelanos reforçaram o bloqueio de uma importante ponte na fronteira com a Colômbia.

Em meio à disputa entre a ditadura de Nicolás Maduro e o líder opositor Juan Guaidó pela entrada de ajuda humanitária no país, os militares seguem ignorando o apelo internacional e mantendo as fronteiras bloqueadas.

Novos contêineres de carga foram posicionados nesta quinta-feira (14) na barreira da ponte de Tienditas, que liga Cúcuta, na Colômbia a Ureña, na Venezuela. Agentes armados da Guarda Nacional seguem protegendo a ponte, informa o Estadão.

A ponte de Tienditas ainda não foi oficialmente inaugurada. O fechamento temporário da fronteira com a Colômbia – ordenado pela ditadura Maduro no fim de 2015 e suspenso meses depois – adiou a abertura.

A ajuda humanitária foi enviada pelos Estados Unidos a Cúcuta a pedido de Guaidó, líder do Parlamento e reconhecido por vários países como presidente interino do país.

Maduro rejeita a ajuda por considerá-la um “pretexto” para uma intervenção militar liderada por Washington. A oposição pediu aos militares, a grande base de apoio de Maduro, que permitam a entrada de ajuda humanitária.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!