Maduro teme ser assassinado na Assembleia da ONU

Português   English   Español
Maduro teme assassinato na ONU
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

O ditador venezuelano, Nicolás Maduro, falou nesta terça-feira (18) sobre um plano para assassiná-lo durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, no final de setembro.

“Estou avaliando porque você sabe que me tem na mira para me matar”, assinalou Maduro em entrevista coletiva com correspondentes estrangeiros, sem apontar alguém em particular.

Nicolás Maduro acrescentou:

Estou avaliando as condições de segurança para ir a Nova Iorque. Quero ir a Nova Iorque, mas preciso cuidar da minha segurança.

O ditador da Venezuela assistiu pela última vez a Assembleia Geral da ONU em 2015.

No ano seguinte foi representado pela então chanceler, Delcy Rodríguez, e no ano passado pelo sucessor dela, Jorge Arreaza.

Os debates na Assembleia Geral da ONU ocorrerão de 25 de setembro a 1º de outubro.

 

Adaptado da fonte AFP
SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...