Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Maia alvo de críticas nas redes sociais por repreender Moro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Rodrigo Maia alvo de críticas nas redes sociais
COMPARTILHE

#RodrigoRespeitaSergioMoro foi um dos tópicos mais comentados do Twitter brasileiro na manhã desta quinta-feira (21). A tag ficou atrás apenas de #ParabensBolsonaro.

O imbróglio recente envolvendo o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, foi um dos assuntos mais comentados entre os internautas brasileiros nas redes sociais.

Maia não ficou satisfeito com declarações do ministro do governo Jair Bolsonaro sobre a tramitação do seu pacote anticrime na Câmara dos Deputados..

O deputado do DEM afirmou que Moro “conhece pouco a política” e está “passando” daquilo que é sua responsabilidade como ministro. Ele também disse que o ex-juiz da Lava Jato copiou e colou o texto do projeto de lei.

Em nota publicada ainda na noite de quarta-feira (20), Moro respondeu:

“A única expectativa que tenho, atendendo aos anseios da sociedade contra o crime, é que o projeto tramite regularmente e seja debatido e aprimorado pelo Congresso Nacional com a urgência que o caso requer. Talvez alguns entendam que o combate ao crime pode ser adiado indefinidamente, mas o povo brasileiro não aguenta mais.”

O imbróglio gerou uma onda de críticas contra o presidente da Câmara nas redes sociais. Anteriormente, ele já havia se queixado de estar sendo atacado na internet, segundo o G1.

Na manhã desta quinta-feira (21), um tópico com críticas a Rodrigo Maia viralizou no Twitter. A tag #RodrigoRespeitaSergioMoro contou com quase 20 mil repetições.

Confira abaixo algumas das publicações com o alto engajamento na rede social:

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.