Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Maia cobra afastamento urgente do secretário da Cultura

Maia recria comissão para analisar Escola sem Partido na Câmara
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

“O governo brasileiro deveria afastá-lo urgente do cargo”, disse Maia sobre Alvim.

Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, cobrou, nesta sexta-feira (17), o afastamento de Roberto Alvim do cargo de secretário da Cultura do governo Jair Bolsonaro

Em mensagem no Twitter, Maia citou uma matéria sobre o fato de Alvim ter se inspirado em um discurso de Joseph Goebbels, ministro da propaganda da Alemanha Nazista.

“O secretário da Cultura passou de todos os limites. É inaceitável. O governo brasileiro deveria afastá-lo urgente do cargo”, escreveu Maia.

O vídeo criticado por Maia foi publicado no perfil oficial da Secretaria Especial de Cultura para anunciar o Prêmio Nacional das Artes, projeto com valor total de R$ 20 milhões

Você pode comparar o trecho dos discursos logo abaixo:

  • Roberto Alvim:

“A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional, será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional, e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes do nosso povo – ou então não será nada.”

  • Joseph Goebbels:

“A arte alemã da próxima década será heroica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada.”

O vídeo ganhou grande repercussão nas redes sociais e tanto o nome do secretário Alvim quanto o de Goebbels estão entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil nesta sexta-feira (17), noticiou a RENOVA.

Após críticas intensas nas redes sociais, Alvim, em mensagem na rede social Facebook, tentou se justificar:

“Todo o discurso foi baseado num ideal nacionalista para a Arte brasileira, e houve uma coincidência com UMA frase de um discurso de Goebbles… não o citei e JAMAIS o faria.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE