Português   English   Español

Maia diz que Bolsonaro brinca de presidir o Brasil

Maia diz que Bolsonaro brinca de presidir o Brasil
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Maia disse nesta quarta-feira (27) que Bolsonaro precisa parar de “brincar de presidir o Brasil”.


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se pronunciou após ser alvo de uma pergunta durante uma entrevista do presidente da República, Jair Bolsonaro, na tarde de quarta-feira (27), no programa de José Luiz Datena, na Band.

Durante a entrevista, sem citar diretamente a prisão de Moreira Franco, sogro do presidente da Câmara, Bolsonaro disse que Maia “está um pouco abalado com questões pessoais que vem acontecendo na vida dele”.

Logo depois, segundo O Globo, Maia reagiu:

“Abalados estão os brasileiros que estão esperando desde primeiro de janeiro que o governo comece a funcionar. São 12 milhões de desempregados, 15 milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha de pobreza, capacidade de investimento do Estado brasileiro diminuindo, 60 mil homicídios… E o presidente brincando de presidir o Brasil.”

Ele acrescentou que o momento é “fundamental aprovar a reforma da Previdência”:

“Acho que tá na hora de acabar com esse tipo de brincadeira. Tá na hora de o presidente sentar naquela cadeira. Sentar aqui e a gente em conjunto resolver os problemas do Brasil. Não dá mais para a gente perder tempo com coisas secundárias, com coisas que não vão resolver a fome dos brasileiros, que não vão melhorar a renda dos brasileiros e não vão resolver o problema da Previdência.”

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...