Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Maia diz que Centrão entrará para história por salvar o Brasil

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Maia diz que Centrão entrará para história por salvar o Brasil

Maia defendeu os partidos que fazem parte do Centrão e disse que eles entrarão para a história.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que, em cinco meses de governo, o presidente da República, Jair Bolsonaro, sofre com a redução de expectativas positivas.

Em entrevista ao jornal Estadão, Maia defendeu a aprovação de uma agenda de reformas para o Brasil:

“Chegamos num ponto onde ou nós construímos essa agenda em conjunto ou vamos para o colapso. Vai entrar no colapso de ruptura das relações sociais. É nisso que vai chegar.”

Questionado por que o DEM quer agora se descolar do Centrão, Maia respondeu:

“Eu não entro nessa questão de ‘eu não sou daqui, eu não sou dali’. A presidente do Parlamento espanhol, quando esteve aqui, me perguntou: ‘Como vocês vão fazer para governar sem partido? Porque na Espanha isso é impossível’. Então, vamos criticar as pessoas que erram, mas não vamos desqualificar os partidos. Quem coloca você numa posição ou outra são seus atos ou atitudes. Se os partidos que estão no Parlamento provarem que tem agenda das reformas como prioridade.”

E acrescentou:

“A forma pejorativa como se trata o tal Centrão hoje, amanhã na história vai entrar como os partidos que salvaram o Brasil do colapso social, do crescimento da desigualdade, da pobreza, da falta de educação e da falta de médicos.”

Durante a convenção do DEM, em Brasília, na última quinta-feira (30), o partido iniciou uma ofensiva para deixar de ser rotulado como Centrão.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email