- PUBLICIDADE -

Maia mantém pedidos de impeachment de Bolsonaro ‘em análise’

Maia mantém pedidos de impeachment de Bolsonaro 'em análise'
Imagem: Carolina Antunes / AFP
- PUBLICIDADE -

Dos três pedidos de afastamento do presidente Bolsonaro que foram protocolados desde o início do ano, apenas um foi arquivado.

Um movimento político de extrema-esquerda chamado “AntifasBR” anunciou na última terça-feira (27) que havia protocolado na Câmara dos Deputados um pedido de impeachment do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O grupo acusa o chefe do Executivo de “quebra na moralidade administrativa e improbidade em atos oficiais”.

A Mesa Diretora da Câmara não havia confirmado, até a noite de quarta (28), o recebimento dessa denúncia, mas informou que ao menos outros dois pedidos de afastamento do presidente da República para investigação seguem esperando pela análise do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), informa o site Metrópoles.

A lei do Impeachment (1.079/50) e o Regimento Interno da Câmara garantem a qualquer cidadão o direito de pedir o afastamento do Presidente da República.

A decisão sobre o pedido, contudo, cabe apenas ao presidente da Câmara dos Deputados, que não tem prazo para decidir. O líder da Casa pode dar prosseguimento ao processo ou arquivá-lo.

Atualmente, dois pedidos de afastamento contra Bolsonaro estão nas mãos de Maia. Os documentos são considerados “em análise” pelo sistema burocrático da Câmara.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -