Português   English   Español
Português   English   Español

Maia quer votar texto-base da reforma na madrugada desta quarta

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Maia quer votar texto-base da reforma na madrugada desta quarta

Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição, são necessários, no mínimo, 308 votos a favor para aprovar a reforma previdenciária.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que irá trabalhar para votar o texto-base da reforma da Previdência na madrugada desta quarta-feira (10).

Em conversa com jornalistas, nesta terça-feira (9), Maia declarou:

“Nossa intenção é que a gente possa fazer um bom debate durante o dia e, a partir do final do dia, começar a construir o processo de votação para garantir quórum.”

A expectativa de Maia é ter cerca de 490 deputados, dos 513, no plenário para garantir a aprovação da proposta.

De acordo com o deputado, cerca de 340 parlamentares devem apoiar a reforma. A oposição, no entanto, diz que este número não passa de 260.

Segundo o site UOL, Maia disse acreditar que a Casa tem condições de concluir a votação dos dois turnos da reforma até sexta-feira (12):

“Quero fazer acordo para a gente ter uma sessão de debates ao invés de ter uma sessão de obstrução. […] Temos que cuidar disso com muita atenção para não desorganizar votação.”

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!