- PUBLICIDADE -

Maia rebate Bolsonaro sobre extensão do auxílio emergencial

Maia diz que R$ 1 trilhão é uma boa referência para reforma
- PUBLICIDADE -

“É exagero de quem diz isso”, diz Maia sobre riscos do país quebrar com o auxílio emergencial.

Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, defendeu, nesta terça-feira (23), a extensão do auxílio emergencial de R$ 600 em meio à pandemia de coronavírus

Maia disse que pagar o auxílio por mais um ou dois meses não vai “quebrar” o país financeiramente.

“É exagero de quem diz isso”, disse Maia em videoconferência promovida pela Câmara de Comércio França-Brasil.

Nesta segunda-feira (22), o presidente da República, Jair Bolsonaro, alertou que a União não aguentaria novos pagamentos de R$ 600 do coronavoucher.

“União não aguenta outro desse mesmo montante que por mês nos custa cerca de 50 bilhões de reais. Se o país se endividar demais, vamos ter problema”, disse Bolsonaro.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -