Maia: vírus derrubou economia, não o isolamento social

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Quem derruba a economia é o vírus. A quarentena salva vidas.”

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, fez uma defesa enfática das medidas de isolamento social adotadas por prefeitos e governadores para tentar conter o coronavírus.

Durante um pronunciamento¹, na tarde desta terça-feira (26), Maia disse que o Brasil vive um “momento muito grave da nossa história”:

“Quase 400 mil pessoas morreram nesses três meses de pandemia no mundo. Quase 25 mil no Brasil. Falo em nome da Câmara dos Deputados para as famílias que perderam seus entes queridos e que não puderam se despedir dos seus entes queridos. E para quem ficou, que não pode receber abraços nesses momento.”

Maia tentou desconectar as restrições adotadas com os problemas econômicos do país:

“É preciso ter claro: a quarentena, o isolamento social, não são os culpados por derrubar a economia. Quem derruba a economia é o vírus. O distanciamento social momentâneo entre as pessoas salva vidas”

O deputado acrescentou²:

“Vivemos uma guerra com um inimigo não conhecido ainda totalmente. Cada um de nós precisa ter consciência de seu papel nesse momento grave.”

Referências: [1] [2]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.