Português   English   Español

Maior empresário da Argentina envolvido com corrupção dos Kirchner

O empresário ítalo-argentino Paolo Rocca, líder do grupo Techint, foi denunciado nesta terça-feira (27) no processo de corrupção envolvendo a senadora e ex-presidente Cristina Kirchner.

O juiz federal encarregado do processo, Claudio Bonadio, denunciou Paolo Rocca por “pagamentos ilegais” ao governo de Cristina Kirchner (2007-2015), segundo informações da AFP.

Rocca se declarou inocente e afirmou que apenas pediu que Kirchner intercedesse junto à ditadura da Venezuela para que pagasse indenização por uma empresa do grupo estatizada em 2008.

O processo envolve dezenas de empresários ligados a obras públicas e ex-funcionários do governo da Argentina, incluindo alguns que já detidos.

Techint é uma multinacional com presença em 45 países e quase 60 mil funcionários, e domina a fabricação de tubos de aço para a indústria do petróleo.

A fortuna de Rocca foi avaliada em mais de 6 bilhões de dólares pela revista Forbes em 2017.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter