Maior parte da Itália apoia restrição à entrada de imigrantes ilegais

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A esmagadora maioria dos italianos concorda com o vice-premiê Matteo Salvini e sua política de fortalecer as fronteiras italianas para conter a entrada indiscriminada de novos imigrantes ilegais.

Uma pesquisa recente divulgada pelo jornal Affaritaliani mostra que 80% dos italianos estão de acordo com as fortes ações do novo ministro do Interior da Itália contra a imigração ilegal.

Os dados do levantamento são muito claros:

  • 30% dos italianos querem que todos os migrantes sejam rejeitados.
  • 50% gostariam de aceitar alguns migrantes, mas somente após verificações muito cautelosas.
  • 20% dos italianos querem receber todos os migrantes.

Durante sua campanha eleitoral no início deste ano, o líder do partido direitista Liga, Matteo Salvini, reforçou o discuso da importância de impor um forte controle à imigração ilegal.

‘O único antídoto para o racismo é controlar, regular e limitar a imigração. Há milhões de italianos em dificuldades econômicas. Os italianos não são racistas, mas a imigração descontrolada não gera reações positivas. Queremos evitar isso’, declarou Salvini.

 

Traduzido e adaptado de Voice of Europe

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque