Maiores jornais dos EUA pedem a Biden para proteger repórteres em Cabul

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Buscamos um sinal inequívoco de que o governo apoiará a imprensa livre”, dizem os jornais.

Os maiores jornais dos Estados Unidos enviaram, nesta segunda-feira (16), uma carta ao presidente Joe Biden pedindo proteção a membros da imprensa que estão trabalhando no Afeganistão.

The New York Times, The Wall Street Journal e The Washington Post assinam a carta.

Os periódicos fizeram três pedidos ao chefe da Casa Branca:

  1.  Acesso facilitado e protegido ao aeroporto controlado pelos EUA;
  2. Passagem segura por um portão de acesso protegido ao aeroporto;
  3. Movimento aéreo facilitado para fora do país.

Ainda segundo os jornais:

“Nos últimos vinte anos, bravos colegas afegãos trabalharam incansavelmente para ajudar The New York Times, The Washington Post e The Wall Street Journal a compartilhar notícias e informações da região para o público global. Agora, esses colegas e suas famílias estão presos em Cabul, com suas vidas em perigo.”

Eles acrescentaram:

“Como empregadores, buscamos apoio para nossos colegas e, como jornalistas, buscamos um sinal inequívoco de que o governo apoiará a imprensa livre. Diante disso, pedimos ao governo americano que aja com urgência e tome as três medidas concretas necessárias para proteger sua segurança.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.