Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Maioria da Alerj dá aval a processo de impeachment contra Witzel

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Witzel enfrenta vaias e gritos de traidor em evento no Rio
COMPARTILHE

Alerj tem hoje 14 pedidos de impeachment protocolados contra Witzel.

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) decidiu, nesta quarta-feira (10), instaurar o processo de impeachment do governador Wilson Witzel.

A decisão de abrir o processo de impeachment é exclusiva do presidente da Casa, André Ceciliano (PT).

Ceciliano anunciou, entretanto, que decidiu submeter o pedido ao plenário para que a decisão fosse mais democrática.

Ele também confirmou que abriria o processo em caso de maioria.

Até o momento, dos 36 votantes, mínimo estipulado para o início dos trâmites, votaram a favor. Os outros 34 ainda estão apresentando seus votos.

Até mesmo deputados governistas, do partido de Witzel, o PSC, votaram pela abertura do processo de afastamento.

A sentença final, que determinará a saída ou permanência do governador, caberá a uma comissão composta por cinco deputados, cinco desembargadores e pelo presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.