Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Maioria do STJ mantém condenação, mas reduz pena de Lula

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Maioria do STJ mantém condenação, mas reduz pena de Lula

A previsão é que, se não for condenado novamente em segunda instância, Lula da Silva possa ser solto em setembro.

A maioria dos ministros da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) fixou em 8 anos e 10 meses a pena de prisão do ex-presidente Lula da Silva (PT) no processo do triplex no Guarujá.

O voto decisivo foi proferido na tarde desta terça-feira (23) pelo ministro Reynaldo Soares da Fonseca, seguindo pena proposta pelo relator, Felix Fischer, e também adotada pelo magistrado Jorge Mussi.

Lula havia sido condenado em segunda instância a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Os advogados do ex-presidente recorreram ao STJ para tentar anular a condenação ou reduzir a pena. A iniciativa da defesa petista foi um sucesso.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email